WhatsApp%20Image%202020-02-17%20at%2008.

mariama

Meu nome é Mariama.


Fui criado como católico e gostava de ir à igreja (escola dominical).  O que nunca me foi dito na igreja  é que eu precisava de perdão pelos meus pecados e que poderia ter um relacionamento pessoal com Jesus.  eu sempre tive  aprendeu a fazer o bem e  isso me levaria para o céu. No entanto, eu não tinha certeza e estava com medo de ir para o inferno.  Nesse tempo, vi a morte de perto. Na época, eu morava em uma zona de guerra em Serra Leoa. 


Em 2000, quando era adolescente, vim para a Holanda com minha mãe e meu irmão para me reunir com meu pai.  Uma tia minha veio nos visitar da Inglaterra dois anos depois, isso por volta da Páscoa. Ela era uma cristã convertida e queria ir a uma igreja pentecostal para celebrar a Páscoa.  Eu então tive que ir com minha mãe porque minha tia mostrou o caminho  para aquela igreja.  Eu não gostei disso porque eu não ia à igreja há algum tempo.

Continuei indo à igreja porque achava que era uma boa igreja para se frequentar. Um chamado ao arrependimento foi feito em cada culto na igreja. Então pensei sobre isso e fiz a oração de arrependimento em casa. Algum tempo depois, depois de um acampamento de adolescentes no carro, fiz a oração de arrependimento novamente com uma mulher da igreja e então abertamente entreguei minha vida a Jesus.  

Agora tenho a certeza de que, quando eu morrer, Jesus abrirá os braços para me receber.  

Se você sabe que não está diante de Deus, faça essa escolha. Nunca é tarde demais, enquanto você viver. Não importa o que você fez na sua vida, Deus te ama  do jeito que você é!